Serviço Educativo

SERVIÇO EDUCATIVO DO MUSEU

Desde o início de funcionamento do MNVR definiram-se como essenciais os seguintes “públicos-alvo”:

- As escolas do ensino pré-escolar e básico – cada vez mais se verifica ser imperioso captar a atenção e desenvolver a sensibilidade nestas camadas muito jovens, na medida em que esta idade é crucial para o desenvolvimento da personalidade de cada indivíduo;

- Alunos do ensino secundário – o Museu é um lugar privilegiado de encontro de culturas diferentes e da descoberta de novas formas de comunicação, pelo que, para além de local de conhecimento, pode ser também um lugar de ajustamento social;

- Professores dos vários níveis de ensino – o Museu deve trabalhar conjuntamente com cada professor os conteúdos e objectivos a desenvolver, fornecendo-lhe a documentação de projectos integrados;

- A população em geral – na medida em que o Museu pode ser o lugar de divulgação de temas de interesse geral e de fruição;

- Grupos sociais ou etários particulares – incluem-se neste grupo associações culturais e recreativas, grupos de idosos, jovens, etc.

Um dos objectivos do Museu passa pelo desafio aos diversos agentes educativos para, em conjunto, preparar acções de apoio aos diversos programas lectivos. Assim, pretendemos desenvolver acções/oficinas no seu espaço físico, com o contributo dos docentes de várias disciplinas.

 

O Serviço Educativo do MNVR tem como objectivos, para além dos objectivos gerais da instituição, os seguintes:

-incentivar o estudo da evolução da moeda nas vertentes histórica, cultural, social, económica e estética;

-elaborar programas de serviço educativo;

-produzir materiais pedagógicos complementares aos programas elaborados;

-estimular a educação informal através do estreitamento das relações entre o museu e as escolas, preparando as visitas e demais actividades em conjunto.

Para além dos grupos referidos, a actuação do MNVR, por se situar no âmbito da educação não formal, está aberta a um mais amplo espectro de destinatários: discentes; docentes; famílias; grupos de crianças ou jovens, pertencentes a grupos ou associações de ocupação de tempos livres; adultos, considerados individualmente ou em grupos; idosos; pessoas com alguma incapacidade física ou psíquica; pessoas com problemáticas sociais especiais, como marginalidade, toxicodependência, delinquência, etc; doentes crónicos; investigadores e especialistas.


Acções desenvolvidas

Para o público escolar, especificamente, o Serviço Educativo do MNVR disponibiliza variadas apresentações multimédia, que complementam a visita às Exposições Permanentes, efectuadas pelos Técnicos do Museu. Estão, assim, disponíveis (entre outras) as seguintes:

 

se1“A Evolução da Moeda”
Esta apresentação pretende funcionar como uma introdução à visita da Exposição Permanente de Numismática, mostrando a evolução da circulação monetária desde a troca directa até o euro. Elaborada em linguagem simples, a apresentação aborda conteúdos específicos das disciplinas de História e Geografia de Portugal e de História.

se2“Vários tipos de moeda”

Esta apresentação foi criada especificamente para o 1.º ciclo do ensino básico, utilizando principalmente imagens, incluindo de banda desenhada, numa tentativa clara de adaptar a linguagem aos grupos específicos que assistam à exibição.

se3“Marcas da Romanização em Portugal”
O objectivo desta apresentação é fazer a ponte entre o acervo exposto no Museu e os conteúdos programáticos das disciplinas de História e Geografia de Portugal (5.º e 7.º anos de escolaridade) e História (10.º ano de escolaridade).

 

se4“Vila Real Medieval”
Tenta-se, com esta apresentação, fazer uma breve abordagem à evolução de Vila Real, desde a doação de foral por D. Dinis, em 1289, até a I Guerra Mundial, valorizando-se Carvalho Araújo (1881-1918), personagem histórica vila-realense.

se5"Diapositivo da Apresentação "Vila Real Medieval"

“Roma antes e depois”
De forma bastante atractiva, através de um jogo visual, apresentam-se edifícios romanos tal qual se vêem hoje e o aspecto que teriam antigamente.

se7Diapositivos da apresentação “Roma antes e depois”.

“A presença dos Visigodos em território nacional”
Apresentação que pretende estabelecer a ligação e complemento à parte final da Exposição Permanente de Numismática, nomeadamente o expositor com numismas visigóticos.

 

se8Diapositivo da Apresentação "A presença dos Visigodos em território nacional".

“O Torques de Rendufe”
Apresenta-se uma das peças da colecção de arqueologia do MANVR e faz-se o seu enquadramento histórico.

Visitas guiadas às Exposições

Constituindo as Exposições Permanentes do Museu o seu ponto fulcral, é-lhes atribuída uma dedicação acrescida, que se reflecte na disponibilização de visitas guiadas pelo pessoal afecto ao MNVR. Deste modo, transmite-se, de forma mais personalizada e efectiva, a informação que se pretende ao visitante, que – regra geral – tem manifestado opiniões positivas quanto a este serviço.

Visitas ao Centro Histórico de Vila Real

Os percursos pedestres foram outra das actividades bastante solicitadas. A partir do início do ano lectivo 2005/06 foram enriquecidos com outros percursos temáticos, como, por exemplo, “Vila Real Barroca” ou “Sepulturas Antropomórficas”, este já no âmbito do concelho de Vila Real e não só da cidade. Por outro lado, está em fase de concepção um pequeno folheto onde se descreverão, de forma muito sucinta, os monumentos mais importantes observáveis no decorrer do percurso pelo centro histórico.