JEP09 em Vila Real

Publicado em Notícias
Ler 3383 vezes

O Museu de Arqueologia e Numismática de Vila Real e o Museu da Vila Velha associaram-se mais uma vez à comemoração das Jornadas Europeias do Património, este ano sob o tema “Vi(r)ver o Património”.


Com o objectivo de se “chamar a atenção para o facto de que é pretendido, actualmente, que o usufruto do Património pela sociedade tenha um maior alcance do que uma visita clássica aos locais patrimoniais, com uma atitude distante de observação, de contemplação e de apreciação”, e aceitando o repto de implementar acções e actividades que proporcionassem ao público a vivência do património, potenciando a sensação de ‘estar em casa’ e que, assim, estimulassem a aproximação física e emocional das pessoas com o património, o Museu de Arqueologia e Numismática de Vila Real e o Museu da Vila Velha organizaram duas acções distintas: uma Caça ao Tesouro nos Monumentos de Vila Real, e a acção A Vila Velha Sentida. 

JEP09_1   JEP09_2 

Assim, no dia 25 de Setembro mais de 120 pessoas visitaram alguns dos monumentos da cidade e, de forma mais demorada, a Vila Velha.

Na Caça ao Tesouro participaram alunos do 1º ciclo do ensino básico, nomeadamente alunos do 3º e 4º ano da EB1 Carvalho Araújo (Agrupamento de Escolas Diogo Cão) e da Nuclisol – Escola Jean Piaget, tanto de manhã como de tarde. Num percurso iniciado no Museu de Numismática, os participantes descobriram pistas e decifraram enigmas que os levaram a conhecer melhor, entre outros, a Capela Nova, a Igreja de S. Pedro, a estátua de Carvalho Araújo, a Igreja da Misericórdia ou a Casa de Diogo Cão. Todos os indícios apontavam para o Museu da Vila Velha como o local onde o tesouro estava escondido e, após corridas desenfreadas, a dúvida deu lugar à alegria pela descoberta de uma algema romana dentro de um verdadeiro cofre do tesouro, objecto que deu asas à imaginação infantil.

JEP09_3

“A Vila Velha Sentida” foi uma actividade proposta especificamente para pessoas com necessidades educativas especiais. Utentes da Associação de Paralisia Cerebral de Vila Real e do Nuclisol – Jean Piaget de Vila Real – Centro de Apoio Ocupacional para Jovens e Adultos com Necessidades Educativas Especiais (de manhã), bem como da Associação de Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão com Deficiência Mental de Sabrosa (de tarde) regressaram, de forma especial, à Vila Real de D. Dinis. Num percurso iniciado em frente à Câmara Municipal, todos os participantes foram guiados pelas Portas da Vila, passando pelo Cemitério de S. Dinis e pelo miradouro, num diálogo sempre animado, até o Museu da Vila Velha, onde puderam tocar em alguns dos objectos evidenciados na actividade. Para o efeito foi igualmente criado um pequeno dossier, com imagens apelativas, de forma a ilustrar da melhor maneira o discurso da acção.

Os participantes nas actividades manifestaram de forma entusiasmada o seu agrado, tanto ao longo dos percursos como no final, sendo presenteados com certificados de participação, bem como com outras surpresas oferecidas pela Câmara Municipal e pela EMAR de Vila Real.

Classifique este item
(0 votos)